Há cerca de 3 anos atrás, uma dupla de estudantes de Fotografia e Design da Universidade de Kingston ingleses Josh Lake e Luke Evans, decidiram fazer um experimento maluco e exploraram seus próprios sistemas digestivos de uma forma diferente, documentando tudo em filmes de 35 mm, que foram engolidos, excretados e processados.

No projeto, intitulado Inside Out (De dentro para fora, em tradução livre), a dupla envolveu cada quadro do filme em uma cápsula especial, que permitia o contato de ácidos e fluidos corporais com a prata. Feito isso, eles esperaram o sistema digestivo dar conta das cápsulas, coletaram-nas, processaram o filme e o escanearam com a ajuda de um microscópio eletrônico, dando luz às incríveis imagens que você vê logo abaixo.

Claro, tudo o que é visto a partir de um microscópio eletrônico fica no mínimo interessante, mas o processo nada ortodoxo da dupla precisa ser levado em consideração. O resultado é composto por imagens incríveis, que vão muito além do que esperamos de um projeto de fotografia.

Veja o resultado:

engolir-filme

engolir-filme76

engolir-filme2

engolir-filme4

engolir-filme8

engolir-filme7

engolir-filme5

Fonte: Hypeness

Tags: , ,